red carpet

As joias do red carpet do Golden Globe 2017

Viola Davis levou o Golden Globe de melhor atriz e 90 quilates de diamantes em platina de Harry Winston divididos entre os brincos Secret Combination e uma pulseira incrível. Nessa noite de premiação, o ganhador foi Harry Winston, afinal de contas, uma boa parte das estrelas estava usando seus diamantes e foi praticamente ele quem criou toda essa ideia de desfilar joias incríveis no red carpet anos atrás.

Thandie Newton também foi de Harry Winston com um colar que não era nem uma rivière nem um sautoir. Só dá para chamá-lo de maravilhoso com seus diamantes em lapidação fancy e sua cravação inglesa. Ao todo, a atriz de Westworld levava sobre o corpo 75 quilates de diamantes em platina distribuídos ainda por um par de brincos em cascata de 1962 e duas alianças, porém com zero ostentação.

Drew Barrymore leva o segundo lugar no quesito vale a pena me emprestar suas joias! Ela estava adorando tudo aquilo. Harry Winston tirou do cofre US$2,5 milhões para adorná-la e ela fez por merecer. Olha a graça da moça: além de posar lindamente com os cabelos e as mãos nos lugares certos para vermos as joias, arrasou na entrevista como o Ryan Secrest falando de suas joias para ele – a criatura que nunca pergunta de quem são as joias – e, ainda, postou no insta as joias depois da festa: end of night #goldenglobes #pumpkin (fim da noite #goldenglobes #abóbora), que levou, de cara, 50.000 curtidas. Ela usava os brincos Mrs. Winston e um monte de aneis: Sparkling Cluster, Lily Cluster, duas alianças enormes e um anel com pérola central South Sea.

E por falar em pérolas, Sienna Miller fez a mesma coisa que Zooey Deschanel em 2013 e desfilou o bronzeado com as mais lindas e enormes pérolas da Tiffany & Co. Estava divina!

Tracee Ellis Ross ganhou um Golden Globe e o grande prêmio Eu Sei Mostrar Minhas Joias. Ela usou uma profusão de anéis de diferentes joalherias: L’Dezen, Noudar, Yeprem, Payal Shah, Hueb e Kavant & Sharart. Ela não foi a única, mas foi a primeira a passar pelo tapete vermelho. O monte de aneis já se anunciava há tempos, mas agora liberou geral!

Agora vamos a meus colares preferidos da noite. Emma Stone escolheu um colar de 1909, pertencente aos arquivos históricos da Tiffany & Co que não podia ser mais art déco com seus diamantes em platina. Precioso. Jessica Chastain optou por uma produção recente, um colar com 265 diamantes lapidação brilhante em ouro branco, da coleção Rose da Piaget.

Reese Witherspoon combinou o vestido com joias em ouro amarelo: um colar dos arquivos históricos da Tiffany & Co, brincos com diamantes amarelos e alguns aneis. Nicole Kidman, como de costume, usou joias antigas. Uma rivière dupla com 48 quilates de diamantes em lapidação old mine, um anel com diamante central em lapidação rosa antiga pesando 9 quilates, dos anos 1760, e um anel art déco com ônix e diamantes.

Jessica Biel foi a representante da noite do que eu mais gosto de ver nessas ocasiões: brincos e pulseiras antigas sem muita história, procedência ou valor intrínseco. Só beleza: brincos e pulseiras do acervo da Neil Lane. Detalhe: os brincos foram usados por Maggie Gyllenhaal no Golden Globe 2016.

Para encerrar a sessão vintage, Sarah Jessica Parker e uma especialíssima seleção de par de brincos e aneis, cada um mais lindo do que o outro. Dá vontade de atacar o cofre da Fred Leighton. Vontade, aliás, que eu sempre tive. No detalhe, um post feito por sua stylist, Erin Walsh.

Lá no outro lado do espectro e absolutamente contemporânea, Isabelle Huppert estava deslumbrante e, bem a seu estilo, com o ear cuff divino da coleção Serti sur Vide, da Repossi, de 2014.

Blake Lively estava deslumbrante. Só vou dizer duas coisas: esmeraldas e Lorraine Schwartz. Não sobrou forças para me interessar pelos brincos com diamantes enormes. Bastava uma pulseira, mas foram duas! E ainda por cima, totalmente trabalhadas no Pantone Greenery!

Ruth Negga compôs um visual meio Metrópolis (para quem nasceu neste milênio, o filme de Fritz Lang, de 1927, e que vocês já deviam ter assistido) com um bracelete de chorar de tão lindo, com diamantes e um rubi central com 25,5 quilates. Greg Kwiat, proprietário da Fred Leighton desde 2009, segue a tradição da casa de também criandesenhos próprios com ares vintage. Desta vez, ele se associou à mineradora inglesa Gemfields que trabalha com rubis moçambicanos de origem sustentável, para criar esta lindeza.

Amy Adams nunca me decepciona. Ela usou um bracelete espetacular da coleção L’Odyssée de Cartier – Parcours d’un style, da Maison Cartier, de 2013. Ele tem uma turmalina marrom lapidação cabochão, pesando 88,73 quilates, obsidianas e diamantes em ouro branco. Totalmente de tirar o fôlego. Fazer joias com diamantes é fácil, quero ver fazer uma lindeza dessas. Ah, Cartier! Salve La Panthère!

Quer saber minha peça preferida deste ano? Os brincões com kunzitas e diamantes de Neil Lane, usados pela Mandy Moore. Ponto final. Só uma observação, ele foi usado no Oscar 2014 por Kelly Preston, esposa de John Travolta, só que ninguém viu. Exatamente como este ano em que parece que ela estava com um par de brincos enorme que também não deu para ver.

Sarah Paulson e Amanda Peet criaram um novo jeito de mostrar os brincos no red carpet: beijão! As duas estavam fazendo graça com um beijo acidental que deram num outro evento dias atrás. Ou encarnaram a Hebe! Os brincos de Sarah são de Neil Lane e me parecem morganitas. Já os de Amanda… Eu tenho certeza de que já vi esses brincos antes mas não consigo me lembrar de jeito nenhum. PS – Lembrei! São da Anna Khouri, a brasileira – novaiorquina que faz uma joalheria delicadíssima.

E havia muitos mais diamantes, em quantidades incríveis, mas nada muuuito eletrizante. Natalie Portman e Naomie Harris com brincões Tiffany & Co. Priyanka Chopra e Sofia Vergara com diamantes enorme de Lorraine Schwartz.

Nem os apresentadores de televisão que nunca lembram de perguntar sobre as joias ficaram imunes aos brinquedinhos que saíram dos cofres de Lorraine Schwartz direto para as orelhas e dedos de Octavia. Giuliana do E! gaguejou e, num outro canal, o repórter não aguentou e disse que os brincos deviam valer mais que uma mansão. Aí sim, eu me emocionei. Cor e luz!

Pharrell Williams sabe me deixar Happy, muito Happy! Ele abriu um novo mundo para a joia masculina, usando peças realizadas pela Goossens para coleção Paris-Bombay Métiers d’Art de 2011 (Pre-Fall 2012) da Maison Chanel.

E teve Brasil no tapete vermelho. Anna Chlumsky e Emily Ratajkowski passaram por ele com brincos da H.Stern.

Estou apaixonada por esses brincos. Completamente apaixonada. Brincos em ouro rosa com opalas da Etiópia, diamantes coloridos invertidos e diamantes brancos, do brasileiro Ara Vartanian. Na mídia internacional, está sendo chamado de Mismatched. O autor chamou de Asymmetrical. São a junção de um brinco Anzol e de um brinco Mystical Opals. Gwendoline Christie também usava um anel duplo com diamantes invertidos e outro anel, ambos do joalheiro. Se estranharem a cor dos brincos no detalhe, aviso que me parece uma outra versão em ouro amarelo, com opalas diferentes…

E vem uma nova geração aí, que pelo visto curte joias descaradamente. Um viva para o post no insta da Hailee Steinfeld. Sem ele o colar maravilhoso passaria despercebido num mega erro de styling. A Forevermark deveria dar pelo menos uma das peças para ela.

 

E para encerrar apenas digo que jamais comentarei a fitinha de veludo negro da Michelle Williams.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply