onde me encontrar

Vida de joalheira

Meus alicates preferidos

Em dezembro, participei de um evento no Rio de Janeiro – o Joialerismo Expo – e, lá pelas tantas, no final do dia e já cansada, entreouvi uma conversa sobre as dificuldades do ramo. Quem me conhece pessoalmente sabe que adoro me meter numa conversa e dar uns palpites. Muitas horas de trabalho, trabalho físico, muitas incertezas, muita burocracia, muito marketing, ai, os clientes…
Não aguentei e perguntei ao casal quantos anos eles tinham. Resposta: 24. Cai na gargalhada e respondi sem pensar – outro de meus talentos: eu tenho alicates mais velhos que vocês. Já contei que era meu aniversário?
Em vez de deixar os anos pesarem, esta cena me colocou num astral de celebrar muito! Comemorar mesmo! Os dois alicates da foto completam 30 anos em 2017. A data da compra já ficou nas brumas do passado, mas com certeza foi no Cronômetro Federal, na Rua Senhor dos Passos, no Rio de Janeiro. Com mais certeza ainda, eu estava com minha mãe, Regina, dando uma força incrível como sempre. Afinal, trabalhávamos juntas e andávamos juntas para cima e para baixo o dia todo. Devia ter uma listinha de ferramenta nas mãos daquelas que os ateliês-escola distribuem até hoje. Eu tinha uma mala de ferramentas azul e cinza que carregava para cima e para baixo.
Dessa época só restaram os alicates. Levei muitos anos viajando para cima e para baixo e, durante uma estadia de um ano na Colômbia, minha bancada horrorosinha foi defenestrada pela família, se não me engano para guardar a bicicleta do meu irmão, o Tadeu, que se chamava Lula então e já era maior do que eu. Até hoje dizem que a culpa foi de uns cupins… Sei.
Três décadas. Delas, são 17 anos encarando uma bancada de joalheria. Há 8, todos os dias. Já disse que amo meu trabalho e amo escrever? Voltei! Ainda não consigo acreditar.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply Livi Pires 16 de janeiro de 2017 at 2:26

    Parabéns alicates!!! Acho que eles precisam de nomes.
    <3

    • Reply Ana 19 de janeiro de 2017 at 14:55

      Podia ser belisquinho e beliscão! Beijos

    Leave a Reply